SITE OFICIAL

IMPRENSA

Releases e notícias sobre a Rodoviária do Rio

Por BLNews
imprensa@rodoviariadorio.com.br

Rodoviária do Rio anuncia nova diretoria

5 de julho de 2022

A Rodoviária do Rio de Janeiro S/A vem a público informar que, por decisão de seu Conselho Deliberativo de Administração, possui uma nova estrutura em sua diretoria. A Socicam, uma de suas controladoras, ficará à frente da gestão dos terminais rodoviários do Rio de Janeiro, concedidos pelo Governo do Estado (por meio de contrato de concessão onerosa/CODERTE). A Ascotran (Associação dos Concessionários da Rodoviária do Rio) e a Roderj (Associação Estadual das Empresas de Transporte Rodoviário do RJ) também participam da composição societária da empresa.

A concessionária contará, agora, com a executiva Roberta Esteves Faria Muniz, no cargo de Diretora Geral, respondendo pelas Rodoviárias do Rio (antiga Novo Rio) e Roberto Silveira (Niterói). Roberta Faria é arquiteta e urbanista, pós-graduada e com vasta experiência em contratos de concessão de terminais rodoviários, e, durante cinco anos, atuou na Rio Terminais, empresa responsável pela administração de terminais rodoviários e urbanos no município do Rio de Janeiro. É a primeira mulher a assumir a diretoria geral da concessionária. “Estou muito feliz em contribuir para essa nova fase da concessionária. Pretendo fazer uma gestão baseada na manutenção dos investimentos em melhorias nos terminais abrindo novas frentes para o crescimento do negócio e para a consolidação da Rodoviária do Rio como uma estrutura moderna, segura, acessível e inserida nas políticas públicas e de turismo de nosso Estado.Nós já caminhamos nisso, mas queremos caminhar ainda mais”, explica.

Outro desafio, segundo a executiva, será retomar a movimentação de passageiros aos patamares anteriores à pandemia. “Será mais um desafio, também na mudança de processos e cultural. É importante reconquistar os passageiros, principalmente os mais jovens, para que percebam que, além da segurança, capilaridade e economia que as viagens em ônibus regulares oferecem, e destaca que o terminal rodoviário é o local para um embarque seguro e que possui muitos serviços e comodidades como instalações confortáveis, ar condicionado, painéis com horários de partidas e chegadas e informações em inglês, casa de câmbio e muito mais”, finaliza Roberta destacando ainda a área comercial da Rodoviária do Rio, que hoje se assemelha a um “mall” com mais de 50 lojas e quiosques.

Sobre a Rodoviária do Rio – Desde o início da concessão, o grupo vem investindo fortemente em melhorias nas instalações e serviços das principais rodoviárias cariocas. Foram mais de R$ 80 milhões nos últimos 30 anos em instalações completamente reformadas, à exemplo da maior revitalização da história da Rodoviária do Rio (a 2ª maior em movimentação de passageiros da América Latina).Entre as melhorias se destacam: o sistema de climatização; três praças de alimentação; sistema de segurança com monitoramento por 55 câmeras; comunicação trilíngue; acessibilidade e a nova identidade visual atrelada à sua importância para a mobilidade carioca e para os turistas. A nova marca foi lançada em 2021, ocasião em que o terminal completou 55 anos desde sua construção e a Rodoviária Novo Rio passou a se chamar Rodoviária do Rio (@rodoviariadorio/www.rodoviariadorio.com.br). Com a pandemia, a empresa registrou uma queda de 96% na movimentação de passageiros. Porém, nos últimos meses de 2022, com a retomada das viagens,principalmente impulsionadas pelo turismo de curta distância, houve uma recuperação de aproximadamente 88% do movimento de 2019.

Sobre a Socicam – Uma das maiores administradoras de terminais rodoviários e aeroportuários do país completou, este ano, 50 décadas. De uma empresa pequena localizada no interior de São Paulo passou a ser uma das principais concessionárias do Brasil, atendendo mais de 100 milhões de pessoas por mês em todos os seus empreendimentos localizados em 66 cidades e 15 estados, além de dois países: Brasil e Chile. Foi responsável pela evolução do conceito de terminais rodoviários que, de simples locais de passagem, se tornaram grandes centros comerciais e de desenvolvimento do sistema de transportes e, através das parcerias público-privadas, dotou os terminais, como o Tietê (SP) e Rodoviária do Rio (RJ) de infraestrutura, tecnologia, segurança e mão de obra qualificada, mas, principalmente, tornando a espera mais agradável para o passageiro.

Feriado: 207.500 mil passageiros na Rodoviária do Rio a partir desta quarta (15/6)

14 de junho de 2022

O principal terminal rodoviário carioca deverá movimentar 207.500 viajantes neste feriado (Corpus Christi – 15 a 20/6). Segundo as estatísticas da concessionária, as 41 empresas de transporte regular disponibilizarão 6.640 ônibus (destes 1770 extras) para atender a demanda por viagens de ônibus. De acordo com a porta-voz da Rodoviária do Rio, Beatriz Lima, este número pode representar 88% do movimento no mesmo período de 2019: “estamos recuperando a movimentação com o aumento de viagens frente à retomada, mas continuamos orientando a todos que mantenham as medidas de proteção como usar máscara em toda a viagem e higienizar as mãos com frequência. Lembrando que continuamos com todos os protocolos no terminal como desinfecções diárias das áreas, disponibilizando álcool 70 em todos os pontos e com os colaboradores utilizando as EPIs”, explica.

A previsão da Rodoviária do Rio indica que as viagens para o Corpus Christi comecem a ocorrer já nesta quarta-feira (15/6) com 23.100 passageiros embarcando para as regiões turísticas do Estado do Rio (Lagos, Vale do Café e algumas cidades serranas como Friburgo e Teresópolis). A procura é grande também para cidades de SP, MG, DF. O movimento maior de desembarque deverá ocorrer na quinta-feira, 16 de junho, no próprio feriado, com 22.500 passageiros chegando ao Rio pela rodoviária vindo de cidades como SP, MG e ES.

Recomendações aos passageiros – Além dos cuidados quanto aos deslocamentos na área externa do terminal, evitando os aliciamentos como os falsos motoristas de aplicativos, táxis piratas e comércio ilegal, a concessionária recomenda aos viajantes que não esqueçam a documentação original para viajar. Menores de 16 anos só viajam sozinhos mediante autorização judicial ou na companhia de parentes diretos (de primeiro grau). Maiores de 12 anos somente embarcam mediante apresentação do RG original (ou carteira de trabalho original ou Carteira de Motorista). A concessionária também alerta para que os passageiros cheguem com antecedência de, pelo menos 1 hora ao horário de embarque.

Passagens – Ainda há passagens para diversos destinos e elas podem ser obtidas no sistema de buscas do site oficial da Rodoviária do Rio (www.rodoviariadorio.com.br). Comprando com antecedência é possível obter descontos de até 80% em alguns horários. Dúvidas sobre o terminal e os serviços, através das nossas redes sociais (@rodoviariadorio), sac@rodoviariadorio.com.br ou o telefone (21) 3213-1800. Dúvidas sobre gratuidades, trajetos e informações sobre destinos diretamente com as viações.

Campanha do Agasalho – Lembramos que a 24ª Campanha do Agasalho, em parceria com a Socicam, continua. O objetivo é arrecadar agasalhos em bom estado de conservação que serão destinadas às pessoas que necessitam de amparo frente às baixas temperaturas deste inverno. Até o dia 25 de julho, o terminal carioca, junto com outros 65 postos em todo país, estará recebendo as doações através de caixas de coleta instaladas nos principais acessos da rodoviária para as doações a qualquer hora do dia e da noite. 

Rodoviária do Rio inicia a 24ª Campanha do Agasalho

24 de maio de 2022

A Rodoviária do Rio, o 2º maior terminal rodoviário em movimentação de passageiros da América Latina, promove a 24ª Campanha do Agasalho, em parceria com a Socicam, sob o slogan “Aqueça seu coração”. O objetivo é arrecadar as doações que serão destinadas às pessoas que necessitam de amparo com as baixas temperaturas deste inverno. Até o dia 25 de julho, o terminal carioca, junto com outros 65 postos em todo país, receberão as doações beneficiando moradores de rua, pessoas em situação de vulnerabilidade social e comunidades carentes durante o inverno.

A ação faz parte de uma tradicional mobilização nacional das rodoviárias e que, este ano, incluirá mais de sessenta empreendimentos, incluindo as Rodoviárias do Rio (RJ), Nilton Barbosa (Angra dos Reis) e Roberto Silveira (Niterói) e terminais urbanos cariocas. Desde a primeira edição da campanha, que ocorreu em 1999, quase 1 milhão de peças já foram doadas.

Como doar:

– Caixas de coleta estão instaladas nos principais acessos das rodoviárias para as doações a qualquer hora do dia e da noite.

O que doar:

– Agasalhos, malhas, cobertores, blusas, meias, luvas, sapatos e outras peças em bom estado de conservação e de limpeza para todas as faixas etárias.

Instituições atendidas:

– As peças arrecadadas serão encaminhadas às entidades filantrópicas previamente cadastradas que se encarregarão de distribuir aos cidadãos em situação de vulnerabilidade. No Estado do Rio de Janeiro, as doações seguem para o Exército da Salvação, a ONG Ação da Cidadania entre outras instituições que atendem comunidades em situação de vulnerabilidade próximas aos terminais rodoviários.

Lista completa dos pontos para doação no Brasil:
Terminais Rodoviários

Terminal Rodoviário do Rio de Janeiro / Rodoviária do Rio
Terminal Rodoviário Roberto Silveira em Niterói
Terminal Rodoviário Nilton Barbosa em Angra dos Reis
Terminal Rodoviário Interestadual de Brasília
Terminal Rodoviário Campo Grande
Terminal Rodoviário de Aracaju
Terminal Rodoviário de João Pessoa
Terminal Rodoviário de Campina Grande
Terminal Rodoviário de Natal
Terminal Rodoviário de Recife
Terminal João Thomé – Fortaleza

Terminais Urbanos do Rio de Janeiro

Terminal Urbano Nova Iguaçu (NIG)
Terminal Urbano Nilópolis (NIL)
Terminal Urbano Menezes Cortez (MZC)

Terminais Rodoviários de São Paulo

Terminal Rodoviário Barra Funda
Terminal Rodoviário Jabaquara
Terminal Rodoviário do Tietê

Terminais Rodoviários do interior e do litoral de São Paulo

Terminal Rodoviário de Campinas
Terminal Rodoviário do Guarujá
Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto
Terminal Rodoviário de Jundiaí

Terminais Urbanos de São Paulo

Terminal Urbano Amaral Gurgel
Terminal Urbano Campo Limpo
Terminal Urbano Casa Verde
Terminal Urbano Jardim Britânica
Terminal Urbano Lapa
Terminal Urbano Pinheiros
Terminal Urbano Pirituba
Terminal Urbano Princesa Isabel
Terminal Urbano Vila Nova Cachoeirinha
Terminal Urbano Antônio E. de Carvalho
Terminal Urbano Aricanduva
Terminal Urbano Cidade Tiradentes
Terminal Urbano Itaquera II
Terminal Urbano Mercado
Terminal Urbano Pq. Dom Pedro II
Terminal Urbano Penha
Terminal Urbano Sacomã
Terminal Urbano São Miguel
Terminal Urbano Sapopemba
Terminal Urbano Vila Carrão
Terminal Urbano Vila Prudente
Terminal Urbano Estações Expresso Tiradentes
Terminal Urbano Parelheiros
Terminal Urbano Grajaú
Terminal Urbano Varginha
Terminal Urbano Santo Amaro
Terminal Urbano Guarapiranga
Terminal Urbano Capelinha
Terminal Urbano João Dias
Terminal Urbano Água Espraiada
Terminal Urbano Bandeira
Terminal Urbano Jardim Ângela

Terminal Turístico Náutico da Bahia – Salvador Aeroportos

Aeroportos

Aeroporto Internacional de Cuiabá
Aeroporto de Alta Floresta
Aeroporto de Sinop
Aeroporto de Rondonópolis
Aeroporto de Vitória da Conquista
Aeroporto de São José do Rio Preto
Aeroporto de Presidente Prudente
Aeroporto de Araçatuba
Aeroporto Regional da Zona da Mata
Aeroporto de Caldas Novas

Escritório da Matriz – São Paulo

https://www.socicam.com.br/2022/05/24/aqueca-seu-coracao-doando-um-pouco-de-conforto-a-quem-precisa/

Aqueça seu coração doando um pouco de conforto a quem precisa

Abrati, Rodoviária do Rio e outros 8 terminais no país promovem mobilização para o trânsito mais seguro nas estradas – Maio Amarelo

12 de maio de 2022

Rodoviárias terão ações junto a passageiros sobre a importância do uso de segurança durante toda a viagem e para os motoristas das empresas de transporte rodoviário regular

No mês da conscientização sobre a segurança no trânsito, a Abrati (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros), em parceria com a Rodoviária do Rio e outros oito terminais rodoviários brasileiros, abraça mais uma vez a campanha Maio Amarelo, este ano com o slogan “Juntos Salvamos Vidas”. A ação, idealizada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, conta ainda com o apoio do SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Uma das ações será utilizar os canais virtuais de comunicação da associação para ressaltar o investimento e a capacitação de suas associadas, que representam mais de 80% das empresas regulares do setor, para garantir viagens tranquilas e seguras à população.

A campanha também destaca que o compromisso para um trânsito mais seguro depende também de uma mudança de comportamento dos passageiros. Infelizmente, muitos deles ignoram os riscos e embarcam em viagens ilegais, que desobedecem a regras e práticas fundamentais para um transporte seguro e confiável. De acordo com a Abrati, essa atitude pode gerar um grande prejuízo. Por isso, a campanha do Maio Amarelo conta com a parceria com a ANTT para reforçar que o transporte de passageiros necessita seguir padrões estabelecidos a partir de regras que garantem a segurança das viagens. “É preciso chamar a atenção de todos para o fato de que uma oferta de passagens mais baratas pode estar relacionada diretamente à falta de padrões de manutenção e ao descuido na capacitação dos motoristas, que pode colocar em risco a vida dos passageiros”, ressalta Letícia Pineschi, conselheira e porta-voz da Abrati.

As empresas rodoviárias regulares mantêm programas permanentes de qualificação técnica e operacional de sua mão-de-obra, representada por cerca de 60 mil empregados diretos, dos quais 15 mil motoristas. A capacitação, a saúde e o descanso adequado dos motoristas são fatores preponderantes para uma viagem tranquila. Além disso, só por meio dos ônibus regulares é possível contar com aplicativos de alerta, controle de velocidade e monitoria da viagem. O embarque – assim como o desembarque – é feito em terminais autorizados, seguros e fiscalizados. E, caso haja qualquer intercorrência durante o trajeto, um ônibus-reserva parte rapidamente em socorro ao principal, para atendimento aos passageiros. Outro diferencial é que a segurança de quem viaja está garantida pela oferta das empresas de transporte rodoviário regular de todos os seguros e indenizações previstas em lei – que incluem desde o seguro para bagagem até a cobertura e indenizações em caso de acidente. “Todas essas ações preservam vidas, reduzem acidentes e possibilitam mais segurança nas estradas, e esses dados precisam ser mostrados com efetividade para que possamos construir um trânsito mais seguro”, destaca Letícia Pineschi.

Ações nas Rodoviárias

Neste ano com o arrefecimento da pandemia, a Abrati irá promover uma mobilização nacional nas rodoviárias do Brasil na manhã do dia 20 de maio (sexta-feira) com atividades presenciais destacando a importância da união entre empresas regulares do transporte rodoviário terrestre e passageiros conscientes e responsáveis para a promoção de uma viagem tranquila e segura. As rodoviárias que participarão do evento são das cidades do Rio de Janeiro (Rodoviária do Rio), Teresina, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, São Paulo, Vitória e Curitiba.

Durante a mobilização, os funcionários das empresas regulares do setor vestirão literalmente a camiseta da Abrati, criada especialmente para o Maio Amarelo, para mostrar que todos juntos podem fazer a diferença. O evento contará também com tendas de serviços do SEST SENAT, que levará aos trabalhadores do transporte informações sobre os cuidados com a saúde. As ações destacarão ainda a importância da qualificação para o mercado de trabalho, estimulando que os motoristas sejam protagonistas de seu desenvolvimento pessoal e profissional, a fim de que estejam preparados para novos desafios.

A Rodoviária do Rio, segundo terminal rodoviário da América Latina com maior movimento de passageiros, deverá movimentar cerca de 30 mil passageiros no dia da ação (sexta-feira – 20/5), ocasião em que registra um fluxo maior em função do final de semana e da retomada das viagens de ônibus pelo Brasil. A campanha será veiculada nas mídias indoor, além de exibida através de cartazes e pelas redes sociais da rodoviária (@rodoviariadorio).

Sobre o Maio Amarelo

O Maio Amarelo nasceu para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Mais informações sobre o movimento podem ser obtidas no site www.maioamarelo.com

Rodoviária do Rio deve registrar quase 180 mil passageiros no próximo feriado

11 de abril de 2022

O principal terminal rodoviário carioca deverá movimentar quase 180 mil viajantes no próximo feriado (Semana Santa – 14 a 18/4). Segundo as estatísticas da concessionária, as 41 empresas de transporte regular disponibilizarão 5.860 ônibus para atender a demanda por viagens de ônibus. De acordo com a porta-voz da Rodoviária do Rio, Beatriz Lima, este número pode representar 80% do movimento no mesmo período de 2019: “com o aumento da cobertura vacinal da população e a alta na inflação e nos combustíveis, que afetam diretamente os proprietários de veículos particulares, as viagens de ônibus são uma ótima alternativa em custo e benefício para a população com tarifas muito acessíveis e condições facilitadas para pagamento”, explica.

A previsão da Rodoviária do Rio indica que as viagens para a Semana Santa comecem a ocorrer já na quinta-feira, dia 14 de abril, com quase 30 mil pessoas embarcando para as regiões turísticas do Estado do Rio (Lagos, Vale do Café e algumas cidades serranas como Friburgo e Teresópolis). A procura é grande também para cidades de SP, MG, DF. O movimento maior de desembarque deverá ocorrer de SP, MG e ES.
Aumento na demanda por viagens de ônibus – Segundo os dados da ABRATI – Associação Brasileira das Empresas de Transporte de Passageiros, houve um crescimento na procura pelo transporte regular no ônibus já no último feriado (Carnaval, em fevereiro). “Tivemos um crescimento de 32% em relação ao mesmo de período de 2021”, afirma a porta-voz da entidade, Letícia Pineschi. Os números da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) também reforçam esse cenário. Foram 2.8 milhões de passageiros que utilizaram ônibus para viagens em fevereiro – 1 milhão a mais que o registrado em fevereiro de 2021.

Recomendações aos passageiros – Apesar das perspectivas animadoras do setor regular, a Rodoviária do Rio, em apoio à campanha nacional promovida pela Abrati, faz uma ressalva importante para os passageiros neste momento de proximidade dos feriados. Durante a pandemia, o transporte clandestino, aproveitou o cenário de redução das linhas regulares para crescer em torno de 30% no país, sofisticando-se e tomando ares de legalidade, em especial nos canais de venda online. “Ainda existe uma grande parcela da população que recorre ao transporte ilegal por conta das tarifas mais baratas. Mas, essa possível vantagem é uma ilusão, já que os usuários desse tipo de transporte não possuem nenhuma garantia e qualquer tipo de amparo caso algum acidente venha a acontecer colocando em risco a vida de milhões de passageiros e ceifando milhares de vidas de outros viajantes que circulam nas rodovias”, destaca Letícia, da Abrati. “Por isso, na hora de viajar neste feriado, é importante optar por uma empresa regularizada e só dessa forma é possível ter total segurança e conforto. Evitar também os aliciamentos do transporte irregular nos arredores da rodoviária e, principalmente, os falsos motoristas de aplicativos no momento que desembarcar pelo terminal”, complementa Beatriz Lima. A porta voz também destaca, ainda, outras recomendações importantes para os viajantes: não esquecer a documentação original para viajar, principalmente com crianças e chegar com antecedência de, pelo menos, 40 minutos, no terminal para evitar atrasos no embarque.

Cuidados sanitários – Além de todos os cuidados contra a COVID-19 promovidos pela rodoviária e empresas de ônibus para a proteção dos passageiros como instalações higienizadas 4x/dia, álcool em gel em mais de 60 pontos do terminal e frotas que passam por desinfecção antes e depois de qualquer viagem, os passageiros contam com comodidades como o embarque digital. Com ele, o viajante adquire a passagem on-line para qualquer destino e apresenta o próprio celular no acesso direto à plataforma para o embarque de seu ônibus. Para quem pensa em viajar, ainda há passagens. Elas podem ser consultadas e compradas no site oficial da Rodoviária do Rio (www.rodoviariadorio.com.br). Comprando com antecedência é possível obter descontos de até 80% em alguns horários e categorias de viagens e até 800% mais baratas que os trechos no aéreo. Dúvidas através das nossas redes sociais (@rodoviariadorio), sac@rodoviariadorio.com.br ou o telefone (21) 3213-1800.

Cadastre-se e receba nossas novidades